PMPA

Apresentação

O Programa de Mestrado Profissional em Administração (PMPA) objetiva formar recursos humanos para atuar na área de Administração de organizações do setor público, privado e terceiro setor, em diferentes funções em nível gerencial e/ou estratégico, sendo agentes de mudança na realidade regional, auxiliando na melhora da competitividade e sustentabilidade das organizações.

A formação dos profissionais prevê qualificar pessoas para o exercício da prática profissional transformadora, visando atender demandas sociais, organizacionais e do mercado de trabalho. A aprendizagem será conduzida de forma a integrar teoria e prática, com temáticas cotidianas da realidade organizacional, trazidas pelas necessidades dos participantes e dos atores vinculados ao Programa.

Horários das aulas:
  • Semanalmente
  • Sexta-feira: das 18h30 às 22h30
  • Sábados: das 08h00 às 16h00
Vagas: 18

Local: Campus Mafra
Av. Presidente Nereu Ramos, 1071, Jardim Moinho.


Contato
Coordenadora do Programa de Pós-Graduação Profissional em Administração
Profª. Dra. Priscila Cembranel
Telefone: (47) 3641 5528
E-mail: pmpa@unc.br

Secretária de Pós-Graduação
Telefone: (47) 3641 5528

Horário de atendimento da secretaria:
De segunda a sexta-feira, das 13h às 19h


Acompanhe nossas publicações em nossas redes sociais:

Área de Concentração

Gestão, Inovação e Agronegócio
A área de concentração denominada Gestão, Agronegócio e Inovação desenvolverá estudos voltados a identificação, análise e prospecção de fatores de competitividade das organizações e territórios, bem como sua sustentabilidade. Assim, a preocupação na área envolve o estudo de diferentes concepções teóricas e metodológicas aplicadas de maneira interdisciplinar na compreensão das relações entre as organizações e destas com o território em que estão inseridas, seus processos de gestão, suas práticas e efeitos. A inovação é considerada como fator de vantagem competitiva e fator de sustentabilidade socioeconômica e ambiental, com especial atenção ao agronegócio, que é um dos pilares de desenvolvimento da região. A área se concentra em uma única linha de pesquisa com foco na Gestão e Inovação e no Agronegócio e Sustentabilidade.

Linha de Pesquisa

Linha de Pesquisa - Gestão, Inovação e Agronegócio
Essa linha de pesquisa tem como enfoque a competitividade e sustentabilidade de organizações públicas e privadas, considerando o ambiente e atores que interagem no mesmo. Essa linha objetiva desenvolver pesquisas teórico-empíricas de forma interdisciplinar em organizações e nos respectivos processos de gestão, analisando-os com técnicas quantitativas e qualitativas, englobando: estratégias empresariais, competitividade organizacional, ambiente de inovação, agronegócios, sustentabilidade, aspectos mercadológicos e novos produtos, análise orçamentária e de investimentos, empreendedorismo, gestão da informação, economia regional e urbana e desenvolvimento regional.

Disciplinas

O curso tem duração de 24 meses, com regime semestral. É composto por 4 disciplinas obrigatórias e no mínimo 4 eletivas, que totalizarão 24 créditos de disciplinas cursadas. A carga horária mínima total do curso é de 30 créditos ou 450 horas, sendo 6 créditos destinados à dissertação.

DISCIPLINA Eletiva/Obrigatória Créditos Horas Ementa e Bibliografia
Seminários de Produção Científica e Tecnológica em Administração Obrigatória 3 45 Clique aqui
Métodos de Pesquisa Qualitativa e Quantitativa Obrigatória 3 45 Clique aqui
Gestão, Inovação e Mercados Obrigatória 3 45 Clique aqui
Espaço Agrário, Sustentabilidade e Desenvolvimento Obrigatória 3 45 Clique aqui
Oficina Prática – Custos no Agronegócio Eletiva 2 30 Clique aqui
Oficina Prática – Análise Orçamentária e Investimentos Eletiva 2 30 Clique aqui
Inovação e Capacidades Dinâmicas Eletiva 3 45 Clique aqui
Gestão da Informação Eletiva 3 45 Clique aqui
Estratégias Empresariais Eletiva 3 45 Clique aqui
Economia e Desenvolvimento Regional e Urbano Eletiva 2 30 Clique aqui
Desenvolvimento de Produtos no Agronegócio Eletiva 3 45 Clique aqui
Trabalho de Conclusão do Curso de Mestrado Obrigatória 6 90 Clique aqui
Total 36 540

Processo Seletivo

INSCREVA-SE AQUI!

ALUNO ESPECIAL (disciplina isolada)

O estudante cursa disciplinas isoladas, sem criar vínculo com o curso, podendo aproveitar esta disciplina após realizar o processo seletivo e tornar-se aluno regular do mestrado.

O candidato poderá se inscrever em 1 disciplina.

A seleção para aluno especial é realizada com edital próprio, conforme vagas disponíveis nas disciplinas ofertadas por semestre.

DISCIPLINAS 1º SEMESTRE DE 2021 - Em breve

Diferença entre mestrado profissional e acadêmico

1 - Qual a diferença entre o mestrado acadêmico (MA) e o profissional (MP)?

O Mestrado Acadêmico prepara um pesquisador e professor, que deverá continuar sua carreira com o doutorado. Já o Mestrado Profissional enfatiza estudos e técnicas diretamente voltadas ao desempenho de um alto nível de qualificação profissional. Esta ênfase é a única diferença em relação ao acadêmico. Assim, ambos os mestrados conferem graus e prerrogativas idênticos, inclusive para o exercício da docência, e, como todo programa de pós-graduação stricto sensu, tem a validade nacional do diploma condicionada ao reconhecimento prévio do curso (Parecer CNE/CES 0079/2002).

2 - Qual o objetivo do Mestrado Profissional?

Seu objetivo é contribuir com o setor produtivo nacional no sentido de agregar um nível maior de competitividade e produtividade a empresas e organizações, sejam elas públicas ou privadas. O Mestrado Profissional apresenta uma estrutura curricular que enfatiza a articulação entre conhecimento atualizado, domínio da metodologia pertinente e aplicação orientada para o campo de atuação profissional específico. O trabalho final do curso deve ser sempre vinculado a problemas reais da área de atuação do profissional-aluno e de acordo com a natureza da área e a finalidade do curso, podendo ser apresentado em diversos formatos (Regulamentado pela Portaria MEC Nº 389, de 23 de março de 2017 e pela Portaria CAPES Nº 131, de 28 de junho de 2017).

3 - O Mestrado Profissional equivale a uma especialização ou MBA?

Não. O Mestrado Profissional pertence à pós-graduação stricto sensu, avaliada pela Capes, diferentemente da pós-graduação lato sensu, ou especialização, que não passa pelos critérios rigorosos da Capes. A especialização é uma atualização de conhecimentos. Já o mestrado, de qualquer espécie, exige que a pessoa pesquise e desenvolva a capacidade de articular o conhecimento acadêmico a realizada organizacional.

Corpo Docente

University Professors

  • Ademir Clemente - Mestre em Engenharia de Produção (COPPE/UFRJ) e Doutor em Engenharia de Transportes (COPPE/UFRJ)
    Área de conhecimento: Métodos Quantitativos Aplicados e Finanças.
    Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/3021828547126069

  • Fernando Maciel Ramos - Doutor em Ciências Contábeis - Unisinos com sanduíche na Universidade de Aveiro (PT)
    Área de Conhecimento: Governança. Finanças Corporativas. Cooperativas. Gestão Pública.
    Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/1945276106615962

  • Jacir Favretto - Doutor em Engenharia da Produção - UFRGS
    Área de Conhecimento: Gestão da informação, Gestão do Conhecimento e Sistemas de Produção.
    Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/4749521380411359

  • Júlio Cesar da Silva - Doutor em Ciências Contábeis e Administração - FURB
    Área de Conhecimento: Marketing e Teorias das Organizações.
    Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/3274346178104121

  • Luciano Bendlin - Doutor em Administração – PUC PR
    Área de Conhecimento: Sustentabilidade, Gestão da informação, Competitividade organizacional.
    Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/6464848497442226

  • Priscila Cembranel - Doutora em Administração e Turismo - UNIVALI
    Área de Conhecimento: Sustentabilidade, gênero, diversidade e inclusão, etc. Turismo sustentável e de base comunitária. Inovação e empreendedorismo. Gestão de saúde e qualidade de vida.
    Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/5723173931620469

  • Ronaldo Rodrigues - Mestre em Contabilidade e doutorando em Contabilidade com ênfase em Finanças - UFPR
    Área de Conhecimento: Informação Contábil para o Mercado de Capitais, Decisões de Investimento e Financiamento.
    Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/4358863863877460

  • Robson de Faria Silva - Doutor em Administração – PUCPR
    Área de Conhecimento: Gestão Financeira. Processos decisórios. Análise de Decisão Multicritério. Mercado de Capitais e Bolsa de Valores. Gestão Estratégica de Custos. Finanças comportamentais.
    Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/0246236704621405

  • Discentes

    I TURMA 2020

  • ADILSON KRIGINSKI
  • ALESSANDRO MILDE
  • CARLOS VINICIUS DOS SANTOS
  • CHIMENE JINIELLE DE ALMEIDA
  • EDUARDO BORGES
  • ELAINE FORTESKI
  • FERNANDO DE ALMEIDA DOS SANTOS
  • LEONARDO PETERS
  • LUCAS FLORIANI WANTOVSKY
  • MARCIANO DA SILVEIRA PIAZENTINI
  • MAURI GUSTAVO SALOMON
  • MAURICIO SCHIFLER
  • MÔNICA PAIANO LINZMEIER PETERS
  • PATRICIA QUEIROZ DOS SANTOS

  • II TURMA 2021

  • ANGELO MARCELO PIRES
  • ALEXANDRE LUIZ TEIXEIRA DA SILVA
  • EMERSON JORGE DA SILVA
  • EVALDO SCHUTZKY NETO
  • MARCOS JORGE DE SOUZA ROCHA
  • RICARDO TIAGO DE SÁ
  • RICARDO SALES GOMES
  • Egressos

    O egresso do Mestrado Profissional em Administração deverá possuir visão ampla, conhecimentos interdisciplinares e aptidão para construir novos conhecimentos e práticas na área de Administração no Setor Público, Privado e do Terceiro Setor, sendo agentes de mudança na realidade regional, auxiliando na melhora da competitividade e sustentabilidade das organizações. Pretende-se, ao final do Mestrado Profissional em Administração desenvolver egressos que tenham competências em:

    • a) Difundir a inovação e a tecnologia para o aumento da competitividade das organizações de diferentes setores.
    • b) Promover o desenvolvimento da competitividade e da sustentabilidade do agronegócio e demais setores da base produtiva.
    • c) Desenvolver atividades em pesquisa científica e pesquisa aplicada às empresas.
    • d) Analisar criticamente o ambiente de gestão das organizações, considerando as tendências de mudança na sociedade moderna;
    • e) Promover estudos e soluções relevantes à realidade contextual das organizações, buscando auxiliar com atitudes efetivas aos problemas existentes de forma científica e ética.


    Conheça nossa Política do Egresso: Resolução unc-CONSUN 072/2020

    LEIA AQUI ALGUNS RELATOS DE QUEM JÁ PASSOU PELO MESTRADO PROFISSIONAL - Em breve

    ASSISTA AQUI A DEPOIMENTOS DE EGRESSOS EM VÍDEO - Em breve

    Documentos Legais

    Regimento dos Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu da unc:
    Resolução unc-CONSUN 006/2018


    Regimento do Programa de Pós-Graduação Profissional em Administração:
    Resolução unc-CONSUN 036/2017


    Programa de Apoio para Participação em Eventos Científicos - PAPEC/unc:
    Acesso ao Edital PAPEC


    Resolução que cria o curso da unc:
    Resolução unc CONSUN 036/2017 - Programas Stricto Sensu unc


    Resolução que aprova o curso no Conselho Estadual de Educação (CEE):
    Decreto nº 802 de 25 de agosto de 2020, publicado do DOESC nº 21.339 de 25/08/2020


    Portaria do MEC que aprova o curso na CAPES:
    Portaria n° 479, publicada no D.O.U. de 15/5/2020, Seção 1, Pág. 29.

    Dados do Programa na Capes

    Editais

    Documentos e Formulários

    Calendário Acadêmico/Horários

    Produção Intelectual

    Repositório Científico

    Para acessar o Repositório Científico clique aqui

    Projetos Financiados

    Estratégias de absorção de conhecimento em MPEs de base tecnológica

    Descrição: Analisar e sistematizar as principais configurações dos processos de absorção de conhecimento externo em micro e pequenas empresas (MPES) de base tecnológica, atuando em polos de inovação nos estados de SC e RS, a fim de revisar sua relação com as configurações consideradas seminais nos estudos sobre Capacidade Absortiva.

    Integrantes: Roberto Lima Ruas (coordenador). Integrante: Alessandra Cassol; Cláudio Reis Gonçalo; Cristiane Drebes Pedron; Marcio Augusto Lassance Cunha Filho.

    Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.

    Situação: Em andamento

    7a GeraAção - Encontro de Inovação e Empreendedorismo Catarinense: Indústria 4.0 no Agronegócio

    Descrição: O agronegócio é um setor que representa 34% do PIB do estado de Santa Catarina, e que representou 72% das exportações catarinenses, movimentando US$ 2,87 bilhões no primeiro semestre de 2020, o que denota a sua relevância e contribuição para o crescimento e desenvolvimento de Santa Catarina. Os resultados de estudos anteriores e evidências empíricas apontam que o setor demanda inovação para a sua sustentabilidade. Considerando esse cenário, esse projeto de evento tem por objetivo ser um ambiente para discussão da gestão e inovação voltadas ao agronegócio. Esse projeto tem como instituição promotora a Universidade do Contestado, por meio do Programa de Mestrado Profissional em Administração (PMPA), Programa de Mestrado Profissional em Engenharia Civil, Sanitária e Ambiental (PMECSA) e o Programa de Mestrado e Doutorado em Desenvolvimento Regional (PMDDR), com apoio financeiro da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina. As áreas temáticas de discussão científica são: (i) Gestão e Inovação no Agronegócio; (ii) P&D no Agronegócio; (iii) Governança no Agronegócio; (iv) Engenharia Aplicada ao Agronegócio. Com a temática de inovação e indústria 4.0 no agronegócio, o evento visa contribuir para discussão de práticas que agreguem no melhor gerenciamento das organizações do ecossistema do agronegócio do Estado de Santa Catarina, culminando comos objetivos de desenvolvimento sustentáveis (ODS - ONU), no que permeia a promoção da industrialização inclusiva e sustentável, o fomento a inovação (Indústria, Inovação e Infraestrutura), padrões de produção e consumo sustentável (Consumo e produção responsáveis), o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, com emprego pleno e produtivo e trabalho decente para todos (Trabalho decente e crescimento econômico), apoio a pequenos produtores e a agricultura sustentável (Fome zero e agricultura sustentável), em conjunto com o governo e sociedade civil em prol dos objetivos de desenvolvimento sustentável.

    Integrantes: Fernando Maciel Ramos (Coordenador); Júlio Cesar da Silva (Vice-coordenador). Integrantes: Alessandra Cassol; Daniel Vicente Filipack Vanin; Gabriel Bonetto Bampi; Luciano Bendlin; Marcos Gonçalves Perroni; Tatiane Isabel Hentges; Valdir Roque Dallabrida.

    Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (FAPESC). Chamada Pública FAPESC no 02/2020 - Proeventos 2020/2021 - Fase II.

    Situação: Em andamento

    Desenvolvimento de um ecossistema de empreendedorismo inovador: fortalecendo a tríplice hélice

    Descrição: O projeto tem como finalidade promover o desenvolvimento do ecossistema de empreendedorismo inovador, a partir de uma pesquisa científica e tecnológica de caráter aplicado na Incubadora de Negócios da UFFS (INNE). A Incubadora de Negócios (INNE) vinculada a Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) localizada no campus de Chapecó/SC foi constituída em 2017 e desempenha um relevante papel na comunidade acadêmica e de fomento ao empreendedorismo local, apoiando o desenvolvimento de startups e empreendimentos. A missão da INNE é promover o desenvolvimento socioeconômico da Mesorregião da Fronteira Sul, por meio de relevante contribuição para a formação e estabelecimento de empreendimentos nas áreas: tradicional e social, cooperativismo e tecnológica. Destarte, este projeto busca apoiar o cumprimento da missão da incubadora proporcionando a sustentabilidade da mesma e promovendo a pesquisa científica e aplicada, proporcionando a aproximação da universidade com o ambiente empresarial.

    Integrantes: Humberto Tonani Tosta (Coordenador); Alessandra Cassol; Graziela Simone Tonin; Rivaldo de Almeida Arruda; Moacir Francisco Deimling; Kelly Cristina Benetti Tonani Tosta; Marlon Luiz Neves da Silva.

    Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina - Auxílio financeiro.

    Situação: Em andamento

    Desenvolvimento de competências e capacidades digitais para alavancar a competitividade de indústrias em um contexto de Economia Digital

    Descrição: Empresas brasileiras encontram desafios para se adequar no contexto atual denominado de Economia Digital. Segundo a Confederação Nacional da Indústria (CNI, 2018), a crescente digitalização e a defasagem tecnológica do Brasil em relação ao resto do mundo é um dos motivos pelos quais o país encontra-se em um quadro de estagnação. O presente projeto explora a aplicação das tecnologias voltadas à IoT? Internet das Coisas, para assegurar sobrevivência e competitividade às empresas, em ambiente dinâmico. Portanto tem como objetivo geral identificar e analisar as capacidades dinâmicas necessárias para criação e implementação de competências digitais em empresas do setor industrial do Brasil. Para atingir o objetivo proposto, o estudo é conduzido em duas etapas: a primeira qualitativa que consiste em uma revisão sistemática e um estudo de multicascos para a construção de um modelo teórico-empírico.A Segunda etapa consistirá em uma pesquisa do tipo survey como intuito de avaliar o modelo teórico empírico proposto.

    Integrantes: Christiane Bischof dos Santos (Coordenadora); Heitor T akashi Kato; Tomas Sparano Martins; William Sprung.

    Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.

    Situação: Em andamento

    Modelos de Negócios Inovadores - parceria com Robert Bosch Ltda.

    Descrição: Visa analisar modelos de negócio inovadores e sua aplicabilidade dentro da indústria da mobilidade. Os novos modelos de negócios, têm surgido com o intuito de propor, por exemplo, a locomoção compartilhada de passageiros, novos meios de pagamento e, até mesmo, formas mais ágeis de adquirir produtos e serviços (COSENZ; NOTO, 2017). Esses novos modelos de negócio tais como ‘peer-to-peer’, ‘self-service’, ‘assinaturas’, ‘ razor and blade’ têm sido aplicados por empresas tradicionais a fim de modificar seu portfólio de produtos e serviços. No campo da mobilidade, a capacidade de remodelar e inovar negócios é intensa haja vista o dinamismo inerente ao setor.

    Integrantes: Christiane Bischof dos Santos (Coordenadora);

    Financiador(es): Fundação Araucária

    Situação: Em andamento

    Terminais Portuários De Carga Conteinerizada: Proposta De Um Modelo Multicritério De Avaliação De Desempenho

    Descrição: A presente pesquisa tem como objetivo central desenvolver um modelo de avaliação do desempenho para a avaliação de terminais portuários de carga conteinerizada, o qual terá como corolário um conjunto de indicadores estruturados e fundamentados na Metodologia Multicritério de Apoio à Decisão Construtivista (MCDA-C). Como objetivos específicos destacam-se: (i) proceder uma revisão abrangente da literatura internacional sobre o tema avaliação e indicadores de desempenho de terminais portuários de carga conteinerizada, por meio do instrumento ProKnow-C (Knowledge Development Process–Constructivist); (ii) selecionar um conjunto de indicadores, a partir da literatura internacional e investigar junto aos gestores portuários suas percepções quanto a importância, aplicabilidade e contribuição para o desempenho de cargas em contêineres; (iii) construir um modelo multicritério de avaliação, a partir dos indicadores informados pelos gestores frente à realidade de cargas conteinerizadas, identificando a performance individual, global, bem como estratégias de melhorias; e (iv) cotejar e analisar os indicadores propostos pelos gestores de terminais portuários brasileiros frente aos indicadores preconizados pela literatura sobre o tema. Trata-se de um estudo descritivo- exploratório, com abordagem quali-quantitativa, que envolve a coleta de dados primários e secundários, por intermédio dos instrumentos de intervenção ProKnow-C (Knowledge Development Process–Constructivist) e da Metodologia Multicritério de Apoio à Decisão Construtivista (MCDA-C).

    Integrantes: Leonardo Ensslin (Coordenador); Leonardo Corrêa Chaves; Ademar Dutra; Sandra Rolim Ensslin; Vicente Mateo Ripoll Feliu; André Antônio Longaray; Gean Carlos Fermino; José Augusto Lopes da Veiga.

    Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.

    Situação: Em andamento

    III Seminário Violências, Segurança Pública, Tecnologias e Inovação Social

    Descrição: O projeto origina-se com a complexa realidade das violências registradas no estado de Santa Catarina, e principalmente nas mesorregiões do oeste e planalto norte catarinense, que desde a década de 1990 têm convivido com um aumento sequencial e diversificado de acontecimentos violentos. A partir dessa problemática, promove-se um evento científico com o objetivo de propiciar um ambiente para discussão e construção de conhecimento no que diz respeito ao tema violência, segurança pública, tecnologias e inovação social. São as instituições promotoras a Universidade Comunitária da Região de Chapecó (Unochapecó) e a Universidade do Contestado (unc), por meio do Programa de Mestrado em Desenvolvimento Regional (PMDR/unc) e Programa de Doutorado em Desenvolvimento Regional (PDDR/unc), Programa de Mestrado Profissional em Administração (PMPA - unc), Programa de Mestrado Profissional em Engenharia Civil, Sanitária e Ambiental (PMPECSA ? unc); Grupo de Estudos sobre Violências (NESVI/Unochapecó), Observatório de Violências e Segurança Pública (Unochapecó) e Polícia Militar Ambiental e com apoio financeiro da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina. Nesta edição o evento tem como eixos de discussão: (i) segurança pública, violência e desenvolvimento regional; (ii) novas tecnologias em segurança pública; (iii) segurança pública e violências ambientais; (iv) segurança pública e custos econômicos da violência, (v) tecnologias e inovação social na gestão de violências

    Integrantes: Alexandre Assis Tomporoski (Coordenador); Fernando Maciel Ramos; Luiz Carlos Chaves; Irme Salete Bonamigo; Daniela Pedrassani.

    Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina. Chamada Pública FAPESC 02/2020 – PROEVENTOS

    Situação: Em andamento

    Conexões Sociais entre Conselheiros de Administração, Fiscais e Diretores Executivos: Consequências Administrativas e Contábeis Natureza do Projeto: PROJETO INTERINSTITUCIONAL

    Descrição: Este projeto busca investigar as consequências das conexões (relações) sociais entre membros dos principais órgãos de gestão (conselheiros de administração, conselheiros fiscais, diretores executivos, membros de comitês, auditores, etc.) das empresas S.A. de capital aberto listadas na B3 sobre diferentes métricas de escolha administrativa e contábil. Assim, a proposta é a de desenvolvimento de um grande projeto guarda-chuva que possui dentre seus objetivos desenvolver pesquisas em quatro direções específicas destas consequências das conexões sociais, quais sejam, os efeitos das conexões sociais sobre: i) qualidade dos lucros; ii) remuneração de executivos; iii) turnover de executivos; iv) honorários de auditoria. Cada um dos ramos de pesquisa compartilhará a métrica de conexão social que será desenvolvida no projeto como variável explicativa, trazendo unidade ao projeto, mas ao mesmo tempo permitindo que sejam iniciadas pesquisas em diferentes direções. O projeto pretende também avançar nas discussões teóricas dessas diferentes temáticas. Os produtos desse projeto serão de grande utilidade para a comunidade científica, acadêmica e profissional. Espera-se o desenvolvimento de quatro artigos, a construção de uma base de dados que será disponibilizada publicamente e de uma cartilha eletrônica com os resultados e recomendações a órgãos reguladores e entidades profissionais interessadas

    Integrantes: Fernando Maciel Ramos - Integrante / Cristiano Machado Costa - Coordenador / Letícia Locatelli - Integrante / Kélim Bernardes Sprenger - Integrante / Adalene Olivia Silvestre - Integrante.

    Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Chamada MCTIC/CNPq Nº 28/2018 - Universal

    Situação: Em andamento

    Impacto do programa na sociedade

    A geração de conhecimentos práticos proporciona impacto aplicável na região onde o Mestrado está inserido, tornando a região um campo de estudos e de intervenção social. Com base nesta intervenção social, a unc elencou o Campus de Mafra como sede do Programa. Acidade de Mafra (SC) está estrategicamente localizada, sendo o centro geográfico natural do Planalto Norte Catarinense e dos demais campi da unc desta região (Canoinhas, Porto União e Rio Negrinho). É partindo desta realidade que se embasa a formação do Programa, tendo como área de concentração, a Gestão, a Agroindústria e a Inovação. Como reflexo do PMPA busca-se impactos no campo social, educacional, tecnológico e profissional. Ao aspecto social almeja-se formação de recursos humanos qualificados que utilizam a ciência tornando-a conhecimento aplicado na melhoria das condições de vida das empresas e da população. No campo educacional, o mestrado poderá contribuir para a melhoria do Ensino Médio, Técnico/Profissionalizante e Superior por meio da qualificação de seus discentes egressos. Atecnologia e os reflexos profissionais são os impactos mais profícuos desta proposta, permeando as disciplinas, o trabalho de conclusão do mestrado e o conhecimento prático para a aplicação profissional. A inserção social da proposta está intrinsecamente relacionada aos impactos que este Programa pretende gerar na região onde está inserido, bem como, dar-se- á por meio de ações de ensino, pesquisa e extensão que poderão ser realizadas de modo a contribuir para a melhoria da qualidade de vida populacional, e com isso, dos indicadores de bem-estar social. O curso de Mestrado Profissional em Administração será uma importante iniciativa para o fortalecimento regional do Planalto Norte Catarinense, atendendo diretamente aos municípios da Associação do Planalto Norte Catarinense – AMPLANORTE, e devido a proximidade geográfica, o Sul do Paraná, região a qual Mafra faz divisa territorial. O PMPA oportuniza contribuição relevante para o desenvolvimento organizacional e regional, público e privado, nos aspectos de competitividade e inovação, na área da gestão, com foco nas agroindústrias.

    Dissertações e agenda de defesas

    Em breve

    Autoavaliação

    Grupo de pesquisa

    Gepacc

    O Grupo de estudos e pesquisas em administração e ciências contábeis (GEPACC - unc), tem por objetivo o desenvolvimento de estudos e pesquisas voltados para a discussão e elaboração de produtos de cunho técnico e científico voltados ao campo da Administração, Contabilidade e da Comunicação no âmbito de diferentes ambientes organizacionais. Os projetos realizados no âmbito do grupo são direcionados a partir das áreas de investigação de contabilidade e finanças; controladoria; desenvolvimento organizacional; estratégia e competitividade organizacional; gestão, inovação e agronegócio, e tecnologia da informação e comunicação. Os setores de estudos do grupo são organizações públicas, privadas, terceiro setor e arranjos produtivos locais (APLs). O grupo conta com pesquisadores e estudantes, com características interdisciplinares, vinculados à diversas instituições que buscam o desenvolvimento de investigações que contribuam para a evolução empírica e científica das áreas e setores de investigação.

    Lider(es) do grupo: Dr. Fernando Maciel Ramos e Me.Débora Aparecida Almeida
    Link: dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/8565270454853172

    Notícias

    Acesse nossas redes sociais




    Clique no título para ler a notícia completa!