UnC lança novas Bolsas de Pesquisa


  • 6 de Junho de 2019

A parceria entre a Universidade do Contestado e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) resultou no lançamento de novas Bolsas de Iniciação Científica para os anos de 2019 e 2020.

O Programa Institucional de Iniciação Científica e Desenvolvimento Tecnológico nas modalidades PIBIC  e PIBITI está com inscrições abertas até o dia 1º de julho, através do site www.unc.br/portal_pesquisa. Estas Bolsas visam formar e inserir estudantes em atividades de pesquisa, desenvolvimento tecnológico e inovação. A modalidade PIBIC seleciona projetos nas mais diversas áreas do conhecimento. Já a modalidade PIBITI busca projetos focados em tecnologia e inovação.

O valor fixado pelo CNPq é de R$ 400,00 mensais para cada bolsista/acadêmico.  A seleção dos projetos, encaminhados pelos professores proponentes, ocorre por meio da soma de três critérios: qualidade do projeto de pesquisa; plano de trabalho; e formação científica do professor proponente. Os alunos a serem indicados pelo professor proponente devem estar regulamente matriculados em cursos de graduação UnC, possuir currículo lattes atualizado e não receber outra modalidade de Bolsa.

A UnC que, em 2018, ofereceu mais de 150 bolsas em diversas modalidades, oferece mais uma opção para que acadêmicos ampliem sua formação praticando a cultura científica, afirma o Pró-reitor de Pesquisa, Pós-graduação e Extensão, Gabriel Bonetto Bampi.

O início das atividades dos bolsistas selecionados ocorre a partir de 1º de agosto. O número de bolsas PIBIC e PIBITI será fixado pelo CNPq.

Para saber mais acesse o Portal da Pesquisa, em www.unc.br/portal_pesquisa

PESQUISAS DESTAQUES

Confira abaixo os três projetos que participaram do 16º Prêmio Destaque na Iniciação Científica e Tecnológica 2018, de autoria de acadêmicos bolsistas da UnC, nas modalidades PIBIC e PIBIT.

Acadêmico: Juliano Biolchi

Pesquisa: Diagnóstico molecular e sorológico de patógenos transmitidos por vetores em felinos domésticos aparentemente saudáveis no estado de Santa Catarina, Brasil

 

Acadêmico: Taciana Bradoski de Lima

Pesquisa: Avaliação do envolvimento dos receptores de adenosina no efeito neuroprotetor da erva mate (Illex paraguariensis)

 

Acadêmico: Jean Lucas Pereira

Pesquisa: Utilização do lodo da estação de tratamento de esgoto para geração de fertilizante e biogás na cidade de Rio Negro