As novas regras para produção de leite em pauta na UnC


  • 16 de Maio de 2019

As novas regras para a produção de leite no país, que especifica os padrões de identidade e qualidade do leite cru refrigerado, do pasteurizado e do tipo A foram apresentadas hoje (15), na UnC Campus Concórdia durante o Seminário da Cadeia Produtiva do Leite.

O evento foi promovido pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), com a parceria da Universidade do Contestado através do Laboratório de Qualidade do Leite, e discutiu as Instruções Normativas 76 e 77/2018, que entram em vigor no final deste mês.  A IN 76 trata das características e da qualidade do produto na indústria. Na IN 77, são definidos critérios para obtenção de leite de qualidade e seguro ao consumidor e que englobam desde a organização da propriedade, suas instalações e equipamentos, até a formação e capacitação dos responsáveis pelas tarefas cotidianas, o controle sistemático de mastites, da brucelose e da tuberculose.

De acordo com Rodrigo Moreira Dantas, Coordenador de Boas Práticas e Bem-estar Animal do MAPA, o evento visou divulgar o plano de qualificação de fornecedores, que visa aproximar a indústria e produtores com foco em produtos de melhor qualidade para o consumidor. “Discutir a temática no espaço da Universidade é de suma importância porque é daqui que sairão os novos técnicos que irão orientar produtores e indústria no futuro”, observou.

Concórdia é uma das três cidades catarinenses que sediou o Seminário, realizado ainda em Pinhalzinho e Lages para apresentação das novas Instruções. Para Sérgio Bajaluk, Auditor Fiscal Federal Agropecuário, o município é uma das principais bacias leiteiras de SC e provavelmente com a melhor qualidade do leite no Estado. Por isso, discutir as Instruções é fundamental para a melhoria da qualidade do leite no país, da renda do produtor, da qualidade dos produtos. “As INs focam a qualificação de produtores, técnicos, e a questão da qualidade do leite na propriedade e na indústria”.

Para Bajaluk, a UnC é uma grande parceira, principalmente por sediar um dos 10 laboratórios de qualidade do leite no Brasil, credenciado junto à Rede Brasileira de Laboratórios da Qualidade do Leite (RBQL). A responsável técnica do Laboratório, Franciele Rampazzo Vancin palestrou no evento sobre a importância da correta coleta de amostras.